Select Page

As novas tecnologias são vistas como uma ajuda a nossa sociedade,  alguém desenha promove inventa e lança.

 

Existe 2 tipos de consumidores, os dronizados que são uma espécie de ratos, no bom sentido e os consumidores do palato gustativo aqueles que compram só para dar uso a que foi feito. Quando deparamos pela primeira vez com computadores, a nossa vida nunca mais foi a mesma pois é precisamente através deles que a tecnologia evolui, e quando pensava-mos que isso iria ser usado para o bem num geral, alguém “os dronizados” inventam as burlas, os vírus electrónicos, etc e etc…

 

Pela primeira vez a nokia desenvolve um dispositivo sem antena e com mm’s de espessura, nossa foi um caos nas lojas foram vendidos milhares e milhares, nasceram novos consumidores “dronizados” .

 

Se imaginarmos neste contesto já conseguem identificar um dronizado na família aquele que não larga o Tablet ou smartphone, porque outros dronizados inventaram o Facebook, Twitter Google etc etc, existem mais redes sociais que associações de caridade…

 

Ultimamente o exercito dos estados unidos liberaram um brinquedo que foi usado durante anos por eles nas suas manobras de treino e espionagem, mas claro o brinquedo não chega a ter 5% da capacidade do Original usado pelo exercito estamos a falar de drones.

 

Os drones de hoje só voam tiram fotos aéreas  e filmam apesar de terem funções de geo localização, GPS, sensores de proximidade eles não passam dos 5% da tecnologia do actual drone do exercito. Este consegue voar a uma altidude bastante longa e ser conduzido a kilometros de distancia, o comando esta em Nova Iorque e o drone está na Rússia, alem disso tem raio X, transporta armas, laser etc…

 

O consumidor dronizado comprou este brinquedo e começou a violar a privacidade das pessoas, colocou em risco voos nos aeroportos e constantemente colocam vidas em perigo, o lado negro disto é o consumidor do palato gustativo, aquele que compra para realmente fazer uso do brinquedo com a família, amigos e ou em trabalho. Estes são crucificados  por leis que obrigam a uma certa limitação de uso dos brinquedos deste género por causa do abuso dos consumidores dronizados.

E isto acontece em tudo …

 

Agora já sabe quem é da sua família o mais dronizados.

 

Carlos santos