Select Page

Conheça a nossa Direção Geral

Responsaveis da Direção Geral

Joaquim Patricio

Joaquim Patricio

Mentor e fundador

Manuela Silva

Manuela Silva

Presidente

Carlos Santos

Carlos Santos

Delegado Nacional Bélgica

Geraldo Morgado

Geraldo Morgado

Delegado Nacional Noruega


Mensagem do Conselheiro Geral


Joaquim Patricio

Mentor e Fundador, Magos

Caríssimos!

Eu parti sozinho para esta Missão, escrevendo. Só depois, fui convidando “Quem” comigo quisesse abraçar tão árdua tarefa, a da «Luta contra a Pobreza». Asseguro-vos, muitos foram os que vieram, mas também, muitos foram os que desistiram. E porquê? Porque nesta Organização, as atitudes egocêntricas que se fundamentam, primeiramente, na satisfação pessoal, não encontram sustentação e nem prevalecem.
Na MAGOS a “filosofia de Missão”, em regime de voluntariado, exprime-se pela prática constante da “Humildade” e da “Caridade”: São dois Valores Institucionalizados e que devem caracterizar a Mulher e o Homem que aceita ser da MAGOS.

O que me inspirou, no dia 3 de Setembro de 2001, a escrever linhas que levam a constituição desta “Obra”, no dia 28 de Fevereiro de 2003, com a sua primeira Reunião Alargada, em data de 2 de Dezembro de 2001, foi tão-somente: «o clamor de quem sucumbe por causa da fome e da miséria. Mas, principalmente, o silêncio e o choro trémulo das criancinhas inocentes e indefesas», pelo Mundo fora.

Quando escrevi a MAGOS, regi-me por um raciocínio pessoal, de que faço célere e partilho convosco Caros Membros, ainda que o Mundo se vergue todo aos nossos pés, se não formos Humildes, nada somos; mesmo que nos apresentemos na Terra coroados de glória, se não formos Caridosos, nada somos. Devemos partilhar com quem nada tem, até mesmo, aquilo que julgamos não ter.
Eis a Missão da Mulher e do Homem da MAGOS: “Fazer para o Outro e obter para o Outro”. Não é uma Missão fácil, apesar de aliciante. Porque «ajudar quem mais necessita», quando também estou necessitado é gesto maravilhoso/ audacioso.
Esta filosofia de Missão, para que prevaleça na pessoa associada a qualquer Organização, é necessário (primeiro) uma autoformação contínua da própria pessoa em tais Valores: da Humildade e da Caridade, com todo carinho, e depois, em conjunto com outros associados, difundi-los intensamente. Só desta maneira sai a Organização bem-sucedida e a formalização da sua Missão se vai definindo a Nível Institucional, com a ajuda participativa dos Níveis Intermédios (ou seja, daqueles que são dirigentes executivos intermédios) e dos Níveis Operacionais (daqueles que prestam serviços básicos) da Organização.
Quer isto dizer, que todos os Membros – e não apenas alguns deles – devem trabalhar juntos para a sustentação da Missão da Organização. Quando isto falha em qualquer Organização, ou Ela desaparece com a desistência dos Membros, ou prevalece se tiver uma base espiritual de sustentação forte. Na segunda posição se situa a MAGOS.
Deus abençoa a Direção da MAGOS, sob orientação da Dona Manuela Graça da Silva (Presidente)
Estarei sempre ao Vosso dispor, como Membro desta casa, naquilo que poder ser útil em termos de execução, para juntos fazemos crescer e expandir a causa da MAGOS.
Tenham sempre presente que, nesta casa, a dor de um dos Membros deve afetar a todos; e para se evitar que a dor nos toque, é necessário denunciar a causa atempadamente, para o “bem” de Todos e da Organização.

Bem-haja.
Lisboa, 12 de Julho de 2008

Joaquim Patrício(Conselheiro Geral)


A MAGOS é uma Associação Humanitária Internacional, sem fins lucrativos, que como tantas, defendem os mesmos interesses «combater a fome no Mundo».
A nossa organização não poderá significar um número, mas sim trabalho e dedicação em prol do desenvolvimento do homem.
Para tal, precisamos projetar esta obra, que nasce na necessidade de ajudar quem padece com injustiças, com a fome e com a privação do conhecimento.

Devemos olhar para a MAGOS como única e não pensarmos que há ali aquelas e outras;

A MAGOS deve crescer com a dedicação dos seus Associados e visados clientes;

Fazer dela uma organização credível, internacionalmente, assim como regem os seus Estatutos.
Como Presidente da Direção Geral da MAGOS desejo a todos os Associados e Amigos bons êxitos e Bênção de Deus.

Manuela Graça da Silva
(Presidente)

Mensagem da Presidente Geral


Manuela Silva

Presidente, Magos